Cerca eletrônica e Power BI são as mais recentes ferramentas de controle para autogestão de frotas

Fato é que hoje tornou-se inviável controlar frotas através de planilhas alimentadas manualmente ou anotações em cadernos. Justamente por isso, as plataformas de autogestão tornaram-se a forma mais eficiente de administrar veículos empresariais. 

Além de ter acesso às informações de forma simples, os gestores não precisam se preocupar em produzir e alimentar planilhas gigantescas, tão menos se preocuparem com erros de digitação ou erros nas anotações dos condutores. 

Pensando nisso, dois novos indicadores, já disponíveis na plataforma web do Carrorama Fleet, integram os módulos de controle para auto gestão de frotas: cerca eletrônica e Power BI. Esses novos indicadores proporcionam maior controle, mais assertividade nas planilhas e mais facilidade para ler os dados gerados. 

Cerca eletrônica

Uma funcionalidade que faz parte da telemetria, a cerca eletrônica tem como finalidade delimitar áreas através do mapa. Dessa forma  os administradores recebem alertas e têm maior controle sobre os veículos.

Alguns exemplos de utilização incluem restringir áreas em que o motorista deve ou não circular. Além dessas informações, o administrador também tem acesso às informações de parada, desse modo é possível ver o tempo que determinado veículo ficou dentro do perímetro, independente de estar ou não dentro da área de cerca eletrônica.

Apesar do controle de telemetria já proporcionar o acompanhamento dos veículos, com este módulo os gestores recebem alertas quando um automóvel entra ou sai da área planejada, podendo ainda configurar limites de velocidade dentro das zonas delimitadas.

Inteligência de negócios (Power BI)

A ferramenta do Power BI é um recurso de análise que explora dados de negócios; uma coleção de serviços, aplicativos e conectores. Assim os usuários conseguem visualizar dados de todos os setores inseridos na ferramenta.

A vantagem desse modelo de análise é a conectividade com tudo e a dinamicidade dos relatórios. Não existe um nicho de mercado específico para utilizar essa ferramenta, qualquer profissional ou área pode alimentar e usufruir dos dados, e ter acesso aos relatórios gerados. 

Neste indicador, as informações de abastecimentos, CNH, alarmes, TCO e desempenho ficam divididos, o que proporciona mais facilidade ao interpretar e filtrar custos. 

O conceito de Power BI facilita a leitura das informações nas planilhas, já que elas não são alimentadas manualmente e os dados não podem ser alterados. Isso porque as informações, coletadas diretamente do dispositivo de Diagnóstico de Bordo (OBD – On Board Diagnostics), chegam em uma linguagem de máquina (bits/bytes) e precisam ser traduzidas, dessa forma as informações passam pela Interface de Comunicação (API – Application Programming Interface) e, só então, são lançadas no sistema que o administrador tem acesso. 

Além da redução de gastos, que pode chegar a 30%, esses novos indicadores promovem mais informações sobre os custos da frota.

.

 

A amostra TCO de relatórios compila vários dados (todas as informações colhidas) em uma planilha navegável, simples e intuitiva. 

A plataforma do Carrorama Fleet preza pela qualidade e autenticidade dos dados coletados, por isso os relatórios gerados são precisos e esclarecedores.

Acompanhe nosso blog e saiba mais sobre gerenciamento de frotas. Caso este artigo tenha sido útil e lhe interessado, entre em contato com nosso comercial e faça um orçamento para a frota de sua empresa.

vendas@carrorama.net